Sim, os custos

Publicado: fevereiro 20, 2011 em Mercado

Voltando ao post anterior, deixamos passar a questão dos custos de produção na matéria do R7.

Materiais: o mais evidente, e inquestionável, é o custo de transporte que predomina a modalidade rodoviária. Quanto aos componentes (peças, acessórios, pneus, etc), podem ter certeza que os preços são muito baixos em função de escala e regularidade dos contratos. Consulte os preços com os fornecedores e se assuste com os valores que as montadoras pagam.

Humano: quando se fala em “alto custo de mão-de-obra” se esquece de relacionar com os demais mercados. Sim, este custo é alto principalmente se comparado com China, Paquistão, México, Paraguai e até Coréia. E com relação à Europa Ocidental, Japão, Canadá e Estados Unidos? Será que a Ford gasta mais com um operário na Bahia do que nos EUA? E a Honda gasta menos no Japão do que no interior de São Paulo por operário?

Isto é apenas nosso ponto de vista sobre estes assuntos, no mais reafirmamos nossas congratulações ao R7 e esperamos mais matérias como esta daqui pra frente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s